Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077
Desenvolvedora(s) CD Projekt Red[n 1]
Publicadora(s) CD Projekt[n 2]
Diretor(es) Adam Badowski
Produtor(es) Richard Borzymowski
Designer(s) Konrad Tomaszkiewicz
Michał Dobrowolski
Paweł Sasko
Escritor(es) Marcin Blacha
Jakub Szamałek
Stanisław Święcicki
Programador(es) Mateusz Popławski
Artista(s) Paweł Mielniczuk
Katarzyna Redesiuk
Jakub Knapik
Compositor(es) Marcin Przybyłowicz
P. T. Adamczyk
Paul Leonard-Morgan
Motor REDengine 4
Série Cyberpunk
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 4
PlayStation 5
Google Stadia
Xbox One
Xbox Series X/S
Lançamento Microsoft Windows, PlayStation 4, Stadia & Xbox One
10 de dezembro de 2020
PlayStation 5 & Xbox Series X/S
2021
Gênero(s) RPG de ação
Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Um jogador

Cyberpunk 2077 é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido e publicado pela CD Projekt. Lançado em 10 de dezembro de 2020 para Google Stadia, Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, e previsto para 2021 para PlayStation 5 e Xbox Series X/S. A história do jogo é ambientada em Night City, um mundo aberto com seis regiões distintas situado no universo da franquia Cyberpunk. Ele é jogado a partir de uma perspectiva em primeira pessoa, com os jogadores controlando um mercenário personalizável conhecido como V, que pode adquirir habilidades de hacking e maquinários, um arsenal de armas de longo alcance e opções de combate no estilo corpo a corpo.

Cyberpunk 2077 foi desenvolvido utilizando REDengine 4 por uma equipe de aproximadamente 500 funcionários, ultrapassando o número de pessoas que trabalharam em The Witcher 3: Wild Hunt (2015), o jogo anterior da desenvolvedora. Para ajudar na produção, a CD Projekt inaugurou uma nova subsidiária na Breslávia, Polônia, e fez parcerias com a Digital Scapes, Nvidia, QLOC e a Jali Research para ajudar na produção do jogo. Mike Pondsmith, o criador de Cyberpunk, prestou consultoria para o jogo. Além disso, o ator Keanu Reeves estrela um papel no elenco principal. A trilha sonora apresenta músicas compostas por Marcin Przybyłowicz em conjunto com outros artistas licenciados.

Com um marketing intenso tornou-se um dos jogos mais esperados do ano,[1] com os analistas a estimarem um orçamento superior a $314 milhões.[2] A versão de Cyberpunk 2077 para PC foi bem recebida pela crítica especializada. Os elogios foram direcionados à narrativa, cenário, gráficos e personagens. Porém alguns elementos da jogabilidade e os problemas técnicos (particularmente nas versões de PlayStation 4 e Xbox One) foram amplamente criticados. Depois de inumeras queixas, a 17 de dezembro de 2020 a Sony removeu o jogo da PlayStation Store, oferecendo reembolso total aos clientes.

Jogabilidade

Cyberpunk 2077 é jogado numa perspectiva em primeira pessoa.

Cyberpunk 2077 é um jogo eletrônico de RPG de ação jogado numa perspectiva em primeira pessoa na pele de V,[3] um mercenário cuja voz,[4] rosto, estilo de cabelo, tipo de corpo e modificações, história de origem e roupas são personalizáveis. As categorias de estatísticas – Corpo, Inteligência, Reflexos, Habilidade Técnica e Moral – são diretamente influenciadas pelas classes de personagens que os jogadores assumem, sendo estas NetRunner (hacking), Techie (maquinário) e Solo (combate). A árvore de vantagens é ramificada nas categorias corpo a corpo, lâminas, revólveres, espingardas, rifles, hacking, combate à duas mãos, assassinato, "sangue frio", engenharia e atletismo. V deve consultar um "medicânico" para atualizar e comprar implantes de cyberware; os mercados negros do jogo oferecem habilidades de nível militar.[3][5][6][7][8][9] A raridade de qualquer equipamento é exibida por um sistema de camadas coloridas.[10] V é capaz se proteger, mirar, correr, pular, fazer pulos duplos e deslizar.[11][12] Ataques corpo a corpo podem ser tratados com armas de combate corpo a corpo.[6][13] Existem três tipos de armas de longo alcance, todas quais podem ser personalizadas e modificadas – Armas de Energia (padrão), Armas de Tecnologia (cuja munição é capaz de penetrar paredes e inimigos) e Armas Inteligentes (com balas teleguiadas).[14][15] Armas de longo alcance são equipadas para ricochetearem na direção do alvo e retardá-los no bullet time. Quatro tipos de dano podem ser infligidos e resistidos – Físico, Térmico, PEM e Químico.[5][9][16] O uso de armas aumenta a precisão e a velocidade de recarga, que se manifestam nas animações dos personagens.[17] Armeiros consertam e atualizam armas.[6] O jogo pode ser concluído sem matar ninguém,[18] com opções não letais para armas e cyberware.[19]

A metrópole em mundo aberto Night City, Califórnia, consiste em seis regiões – o Centro da Cidade (a central corporativa da cidade), Watson (habitada por imigrantes), Westbrook (composta por uma área luxuosa), Heywood (subúrbio), Pacifica (infestada de gangues) e Santo Domingo (área industrial). A área circundante, as Terras Baldias, também pode ser explorada. V navega por esses locais a pé e em veículos, que estão sujeitos à visão em primeira ou terceira pessoa. Em carros autônomos, V pode se envolver mais facilmente em tiroteios.[3][10][16][20][21][22] Os pedestres são vulneráveis ​​a colisões de veículos.[15] Dependendo da localização, a polícia pode ser alertada se V cometer um crime.[23][24] As estações de rádio estão disponíveis para serem ouvidas.[25] O ciclo de dia-noite completo e o clima dinâmico afetam a maneira como os personagens não-jogadores (NPCs) se comportam.[14][26] V possui um apartamento e uma garagem.[6][27] Night City apresenta personagens que não falam inglês, cujos idiomas podem ser traduzidos com implantes especiais.[28] "Braindance" é um dispositivo que permite que V passe pelas experiências de outras pessoas.[29][30] Uma árvore de diálogo permite a interação com NPCs e ações em missões.[31] Os pontos de experiência são obtidos nas missões principais e abastecem as estatísticas, enquanto as missões secundárias geram "créditos de rua", desbloqueando habilidades, fornecedores, lugares e missões adicionais.[10][14][15][32] As missões são adquiridas de personagens conhecidos como Fixers.[15] Ao longo do jogo, V é auxiliado por vários companheiros.[6] Consumíveis, como refrigerantes, são usados ​​para curar, e os objetos podem ser inspecionados no inventário de V.[12] Os minijogos incluem hacking, lutas de boxe, corrida de veículos,[33] artes marciais e campos de tiro.[34] Mensagens de "Fim de jogo" aparecem apenas no momento da morte; se uma missão falhar, o jogo continua do mesmo jeito.[35] As escolhas feitas pelo jogador implicam em finais diferentes.[30]

Sinopse

Mundo

Night City é uma megacidade americana localizada no Estado Livre da Califórnia do Norte, controlada por corporações – legislações locais e nacionais não têm efeito na região. Existe um conflito interno constante entre gangues e outras entidades que procuram dominar a cidade. Night City depende da robótica para todos os aspectos diários como coleta de resíduos, manutenção e transportes públicos.[36] A sua identidade visual é resultado de quatro eras de austero Entropismo, Brega colorido, opulento Neo-Brega e Neo-Militarismo forçado.[37] A internet é administrada pelo exército e corporações.[19]

A falta de habitação é abundante, mas isso não impede a modificação cibernética para os pobres, dando origem ao vício em cosméticos e consequente violência. Estas ameaças são enfrentadas pela força armada conhecida como Psycho Squad.[38][39] O Trauma Team é uma equipe especializada em medicina de intervenção rápida.[40] Por causa da constante ameaça física, é permitido a todos os cidadãos o uso de armas de fogo.[41]

Desenvolvimento

Cyberpunk 2077 entrou em pré-produção quando a desenvolvedora CD Projekt Red concluiu The Witcher 3: Wild Hunt Blood and Wine (2016)[42] com aproximadamente cinquenta membros da equipe envolvidos.[43] Mais tarde, eles dedicaram uma equipe maior do que a empregada em The Witcher 3: Wild Hunt (2015) e,[44][n 3] após o lançamento, começaram a atualizar a REDengine 3 no intuito de complementar o Cyberpunk 2077.[45] A CD Projekt Red recebeu subsídios avaliados em 7 milhões de dólares do governo polonês, cujo pedido de financiamento confirmou que eles estavam utilizando REDengine 4.[46] Em junho de 2017, projetos preliminares foram roubados por um grupo de ladrões que ameaçaram liberá-los ao público, porém a desenvolvedora se recusou a cumprir as exigências.[46][47] O desenvolvimento do jogo atingiu uma meta no final de 2017 e,[48] em março de 2018, um novo estúdio foi inaugurado na Breslávia para auxiliar na produção.[49] Em outubro daquele ano, a CD Projekt Red fimou uma parceria com o estúdio canadense Digital Scapes para criar ferramentas adicionais no Cyberpunk 2077.[50] A desenvolvedora abriu uma parceria com a Nvidia em junho de 2019 para conseguir a tecnologia de ray tracing em tempo real,[51] e a QLOC em janeiro de 2020 para garantia de qualidade.[52]

Mike Pondsmith, o criador de Cyberpunk, atuou como consultor do jogo desde 2012.

A equipe de arte do jogo produziu ilustrações conceituais durante a fase de pré-produção, onde determinaram que a estética deveria ser dividida em quatro tipos de estilo – Entrópico, Brega, Neomilitar e Neobrega. A maioria dos veículos foi baseada nos projetos de Marcello Gandini dos anos 80 e 90.[53] No começo do projeto, tantoo processamento de streaming quanto a iluminação global foram feitos para funcionar sem sobrecarregar a unidade central de processamento.[54] O ray tracing melhorou os gráficos de iluminação global, reflexos, oclusão de ambiente e as sombras.[55] No começo da produção foi pensado que o jogo já seria lançado com o modo multijogador,[56] uma vez que o modo foi o primeiro atribuído à pesquisa e desenvolvimento.[57] Contudo, o multijogador foi anunciado como um recurso pós-lançamento.[58] A perspectiva de câmera em primeira pessoa foi escolhida no intuito de envolver os jogadores mais do que a terceira pessoa permitiria.[59] Tanto as cutscenes quanto à jogabilidade foram feitas para combinarem perfeitamente em primeira pessoa.[60][61] Cyberpunk 2077 apresenta nudez total, cujo diretor do jogo Adam Badowski disse que encapsula o tema do transumanismo – "o corpo não é mais sacro [sagrado]; é profano [profano]".[62] O roteiro foi totalmente escrito em polonês sendo que posteriormente uma equipe separada traduziu os diálogos para a língua inglesa.[63] Os designers de missões, que supervisionaram a criação de suas próprias ideias, deram liberdade para os jogadores decidirem a ordem em que as missões são feitas.[64] As missões secundárias geralmente eram feitas a partir de conteúdos não aproveitados na história principal.[65] A CD Projekt Red inventou uma tecnologia baseada na análise de som de redes neurais, produzindo sincronia labial em tempo real para todas as localizações.[66] Os sistemas de animação foram refeitos para gerar o movimento muscular de melhor maneira bem como a captura de movimento também foi incrementada. Os ambientes do jogo foram criados a partir de projetos pré-fabricados.[67] Os modelos reutilizados tiveram suas cores e detalhes alterados.[68] Alguns elementos do jogo são gerados por meio de tecnologia procedural.[69] O feedback da E3 2018 influenciou os desenvolvedores a permitir um modo de jogo não-letal e proibir a opção masculino-feminino na personalização do personagem, em vez de basear-se na voz e tipo de corpo.[70][71] Night City foi projetada com a ajuda de engenheiros urbanistas,[72] e sua arquitetura foi inspirada no estilo do Brutalismo.[73] O mundo é carregado usando streaming vertical para revelar somente os elementos ativos que aparecem na tela.[74] Em agosto de 2018, a história foi concluída podendo ser jogada por completo.[75] O conteúdo estava quase completo em meados de 2019, com o resto do desenvolvimento focado principalmente no polimento do jogo.[76] A equipe começou a trabalhar em casa em março de 2020 devido à pandemia de COVID-19,[77] o que também ocasionou atrasos na localização do jogo.[78] Apesar do estúdio desaprovar horas extras de trabalho obrigatórias, isso foi implementado nas últimas semanas.[79]

O ator Keanu Reeves interpreta o personagem Johnny Silverhand.

Cyberpunk 2077 é baseado na franquia Cyberpunk criada por Mike Pondsmith. Pondsmith ingressou no projeto em 2012 como consultor.[67][80] Ele também aparece como um personagem no jogo.[81] Sua sequência de Cyberpunk V3.0, intitulada Cyberpunk Red, causou impacto na cultura do jogo.[82] Cyberpunk 2077 foi influenciado por uma série de trabalhos tais como o filme Blade Runner de 1982, o mangá e anime Ghost in the Shell e os jogos eletrônicos System Shock (1994) e Deus Ex (2000).[83] Ele apresenta uma motocicleta do mangá e do filme de animação Akira e também um carro inspirado em Mad Max: Estrada da Fúria (2015).[84][85] O compositor de The Witcher 3: Wild Hunt, Marcin Przybyłowicz,[86] escreveu a partitura juntamente com P. T. Adamczyk e Paul Leonard-Morgan.[87] As músicas tocadas nas estações de rádio do jogo foram feitas exclusivamente para elas; A banda sueca Refused criou músicas para o grupo Samurai enquanto a musicista Grimes dubla a vocalista de Lizzy Wizzy e os Metadwarves.[88][89] Run the Jewels, ASAP Rocky, Gazelle Twin, Ilan Rubin, Richard Devine, Nina Kraviz, Deadly Hunta, Rat Boy e Tina Guo também contribuíram para a trilha do jogo.[90] Em julho de 2018, o ator Keanu Reeves foi escolhido para o papel de Johnny Silverhand,[91] sob o pseudônimo de Mr Fusion para manter sigilo. Ele emprestou sua imagem, voz e captura de movimento para o personagem.[92][93] A quantidade de diálogo de Reeves perde apenas para V.[94] Após passar quinze dias gravando suas falas,[95] o pedido de Reeves para que a presença de Silverhand em tela fosse dobrada foi garantido.[96] O ator Masane Tsukayama interpreta Saburo Arasaka, o líder da Arasaka Corporation.[97] Sebastian Stępień foi o roteirista principal e diretor criativo do jogo antes de partir para a Blizzard Entertainment no início de 2019.[98][99] No início de outubro de 2020, Cyberpunk 2077 teve o desenvolvimento concluído entrando no "estado gold".[100]

Lançamento e divulgação

Painel do jogo durante a Poznań Game Arena em 2019.

Cyberpunk 2077 foi anunciado em maio de 2012.[43] Um teaser do jogo foi lançado em janeiro de 2013.[101] No mesmo ano o jogo foi confirmado para Microsoft Windows,[102] PlayStation 4 e Xbox One durante a E3 2018,[103] onde eles revelaram um segundo trailer e uma demonstração pré-alfa do jogo exclusivamente para a mídia,[104][105][106] exibida ao público em agosto após sua apresentação na Gamescom.[107] Na E3 2019, um terceiro trailer anunciou a data de lançamento em 16 de abril de 2020.[108] A data foi adiada pela primeira vez para 17 de setembro,[109] depois para 19 de novembro e,[110] por fim, para o dia 10 de dezembro.[111] Uma segunda demonstração do jogo foi apresentada aos participantes da E3 e da Gamescom em 2019,[112][113] dos quais quinze minutos apareceram online no final de agosto,[114] após o anúncio de que o jogo será lançado no Stadia.[115] Em fevereiro de 2020, a Nvidia declarou que o título também seria disponibilizado no serviço GeForce Now.[116] Uma réplica em tamanho real da motocicleta Yaiba Kusanagi foi exibida na Tokyo Game Show.[117] Após o cancelamento da E3 2020 devido à pandemia de COVID-19, o evento online Night City Wire da CD Projekt apresentou um quarto trailer, mais demonstrações do jogo[118][119] e cenas de making-of.[120] Os proprietários das versões do jogo para Xbox One e PlayStation 4 poderão baixá-lo gratuitamente no Xbox Series X e PlayStation 5 após o lançamento.[121][122] As conversões do jogo para a próxima geração estarão disponíveis em 2021.[123] O modo multijogador será lançado depois de 2021.[124]

Conteúdo da Edição de Colecionador de Cyberpunk 2077.

A edição padrão fornece o jogo base enquanto a edição de colecionador consiste em uma caixa personalizada, livro estilizado, uma estatueta da versão masculina de V, um encadernado de artes de capa dura, um conjunto de alfinetes de metal e um chaveiro, um guia intitulado A Visitor's Guide to Night City, patchs bordados, um compêndio mundial, cartões postais de Night City bem como mapas e adesivos da cidade. No caso do jogo ser adquirido na pré-venda, a edição padrão também contém o compêndio, cartões postais, mapa e adesivos.[125] Os itens digitais que vêm com cada cópia do jogo são a trilha sonora, livreto de artes, livro de Cyberpunk 2020, papéis de parede e a história em quadrinhos Cyberpunk 2077: Your Voice.[126] As compras do jogo feitas na GOG.com, uma subsidiária da CD Projekt, incluem uma história em quadrinhos digital intitulada Big City Dreams.[127] A Warner Bros. Interactive Entertainment distribuirá o jogo na América do Norte.[128] A Bilkom publicará o título na Turquia.[129] A Bandai Namco Entertainment é a publicadora do jogo para vinte e quatro países europeus e distribuidora na Austrália e Nova Zelândia.[130][131] A Spike Chunsoft publicará as cópias físicas de PlayStation 4 no Japão.[132]

Bonecos Funko Pops ficaram disponíveis a partir de 16 de abril de 2020.[133] Um livro de artes conceituais de 192 páginas, intitulado The World of Cyberpunk 2077,[134] foi publicado pela Dark Horse Books no dia 29 de julho.[135] Em 9 de setembro, a Dark Horse lançou a primeira edição de uma revista de histórias em quadrinhos, sob o título Cyberpunk 2077: Trauma Team, escrita por Cullen Bunn e ilustrada por Miguel Valderrama.[136] Um jogo de cartas autônomo criado em parceria com a editora CMON Limited chamado Cyberpunk 2077 – Afterlife: The Card Game, está previsto para lançamento em 2020.[137] A CD Projekt Red também lançou uma competição de cosplays que terminou em 2020.[138] A McFarlane Toys assinou um contrato de três anos para fabricar bonecos de ação.[139] A última edição limitada do Xbox One X foi estilizada com o tema de Cyberpunk 2077,[140] incluindo uma cópia digital do jogo e conteúdos para download.[141] Além disso uma série de placas de vídeo, cadeiras gamer, bebidas energéticas e tênis foram projetados com a mesma estética em mente.[142][143][144][145] A partir de maio, a empresa de publicidade Agora Group passou a divulgar jornais, serviços online e canais de rádio na Polônia. Suas subsidiárias faziam publicidade ao ar livre e em cinemas, usando marcas consagradas para divulgar informações sobre o jogo.[146] Cyberpunk: Edgerunners, um anime derivado produzido pelo Studio Trigger, tem previsão de estreia na Netflix em 2022.[147] Foi o patrocinador oficial do evento da WWE Survivor Series de 2020.[148]

Tanto os jogadores como muitos jornalistas da especialidade fizeram notar que o longo tempo de produção, os vários anúncios e adiamentos bem como por ser o novo jogo de CD Projekt Red desde The Witcher 3: Wild Hunt (2015), criaram em Cyberpunk 2077 uma antecipação significativa na indústria dos videojogos.[1]

Recepção

Pré-lançamento

Cyberpunk 2077 ganhou mais de cem prêmios na E3 2018,[51] incluindo "Melhor Jogo", "Melhor Jogo de Xbox One", "Melhor Jogo de PC",[149] "Melhor RPG",[150] e "Escolha do Público" pela IGN,[151] "Melhor Jogo de RPG" e "Jogo do Show" pela Game Informer,[152] "Melhor da E3" pela PC Gamer,[153] e "Jogo do Show" pela GamesRadar+.[154] O segundo trailer foi considerado um dos melhores da exposição,[155][156][157][158] embora o escritor William Gibson, creditado como pioneiro no subgênero cyberpunk, ter dito que "o trailer de Cyberpunk 2077 me impressiona quando o GTA se depara com um retrofuturista genérico dos anos 80".[159] A perspectiva em primeira pessoa, em contraste com a terceira pessoa de The Witcher 3: Wild Hunt, foi também alvo de algumas críticas.[160][161] Cyberpunk 2077 foi o jogo mais discutido da E3 2019,[162] onde recebeu prêmios de "Melhor da E3" pela GamesRadar+, PC Gamer, Rock, Paper, Shotgun e Ars Technica,[163][164][165][166] e "Melhor Jogo", "Escolha do Público", "Melhor Jogo de PS4", "Melhor Jogo de Xbox One", "Melhor Jogo de PC" e "Melhor RPG" pela IGN.[167] O terceiro trailer foi elogiado com ênfase na revelação de Keanu Reeves.[168][169]

Pós-lançamento

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Eurogamer Recomendado[170]
Easy Allies 7.5/10[171]
Game Informer 9/10[172]
GamesRadar 5 de 5 estrelas.[173]
GameSpot 7/10[174]
GamingBolt 6/10[175]
God is a Geek 10/10[176]
IGN 9/10 (PC)[177]
4/10 (PS4/XB1)[178]
VG247 5 de 5 estrelas.[179]
The Guardian 3 de 5 estrelas.[180]
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic PC: 87/100[181]
PS4: 52/100[182]
XB1: 55/100[183]
OpenCritic 82/100[184]

De acordo com o agregador de resenhas Metacritic, o jogo para a versão PC tem uma nota média de 87/100, indicando "análises geralmente favoraveis".[181] No entanto, sua nota foi considerada decepcionante pelos analistas, e as ações da CD Projekt SA caíram até 9,4% após a publicação das análises no Metacritic.[185] Por contraste as versões para PlayStation 4 e Xbox One conseguiram as médias de 52/100 e 55/100 respectivamente.[182][183]

Os críticos elogiaram a qualidade da história principal, bem como a profundidade e amplitude das missões secundárias,[178] a atmosfera viva e respirante de Night City,[173] a qualidade visual do jogo[186] e o frescor do cenário.[187]

Alguns dos sistemas do jogo, como crafting, direção e combate, receberam respostas mistas de vários críticos.[174] Certos aspectos técnicos do jogo, como diversos bugs, glitchs e problemas de desempenho (particularmente nas versões de PlayStation 4 e Xbox One) foram amplamente criticados.[188][189][190][191][192]

No dia do lançamento, o jogo alcançou mais de 1 milhão de espectadores simultâneos na Twitch.[193]

Vendas

Cyberpunk 2077 recebeu mais pré-reservas do que The Witcher 3: Wild Hunt;[94] um terço das vendas de PC foram feitas através da plataforma GOG.com, uma subsidiária da CD Projekt.[194] Na China o jogo entrou na lista dos mais vendidos no Steam.[195] Em menos de dozes horas após seu lançamento original, o jogo atingiu a marca de um milhão de jogadores simultâneos no Steam.[196]

O jogo recebeu mais de 8 milhões de pré-reservas em todas as plataformas, sendo que 74% destas eram cópias digitais. Por conta disso, Cyberpunk 2077 tornou-se o jogo mais pré-reservado da história, superando o recorde antes detido por Grand Theft Auto V da Rockstar Games, com 7 milhões de pré-reservas reportadas.[197][198]

Prêmios e indicações

Ano Premiação Categoria Resultado Ref.
2018 Game Critics Awards Elogios Especiais para Gráficos Venceu [199]
[n 4]
Elogios Especiais para Inovação Venceu [199]
Golden Joystick Awards 2018 Jogo Mais Aguardado Venceu [201]
Gamers' Choice Awards Indicado [202]
2019 Game Critics Awards Elogios Especiais para Gráficos Venceu [203]
Golden Joystick Awards 2019 Jogo Mais Aguardado Venceu [204]
2020 18º Visual Effects Society Awards Excelência em Animação de Personagem em um Comercial (Dex) Venceu [205]
Gamescom Award 2020 Melhor Jogo de PC Venceu [206]
Melhor RPG Venceu
Melhor da Gamescom Venceu
Prêmio de "Mais Desejado" para Cosumo da Gamescom Venceu
Melhor Jogo de PlayStation da Sony Venceu

Controvérsias

Liana Ruppert, uma jornalista da Game Informer que tem epilepsia fotossensível, teve um ataque epilético enquanto analisava o jogo dias antes de seu lançamento. A convulsão foi desencadeada pela sequência de "braindance" do jogo, que contém luzes com flashes vermelhos e brancos bastante similares aos padrões produzidos por aparelhos médicos usados para desencadear convulsões de forma intencional.[207] Após ter recebido críticas de grupos de combate à epilepsia de que as isenções de responsabilidade sobre saúde e segurança do jogo eram insuficientes, a CD Projekt Red informou que trabalharia em uma "solução mais permanente".[208]

As restrições impostas pela CD Projekt Red nas revisões do jogo não permitiam que gameplays gravadas fossem utilizadas em análises publicadas antes da data de lançamento oficial do jogo. Tal medida gerou preocupação pelo fato de que as análises foram baseadas somente na versão do jogo para PC. Consequentemente, isso acabou minando a confiança de alguns consumidores.[209]

OpenCritic, um website de pontuações agregadas, criou um aviso sem precedente para os consumidores, citando que Cyberpunk 2077 tem disparidades muito significativas "no desempenho, experiencia do jogador e nas análises" entre as varias versões e que "a equipa do OpenCritic e muitos criticos suspeitam que o produtor, CD Projekt Red, escondeu intencionalmente o verdadeiro estado do jogo nos sistemas Xbox One e PS4".[210][211][212]

Dias depois, devido ao desempenho do jogo nas consolas, a CD Projekt emitiu oficialmente um pedido de desculpas, particularmente por terem omitido vários aspetos destas versões, concluindo que os consumidores que estiverem insatisfeitos pudessem optar por um reembolso.[213] Apesar disto, várias fontes referiram que os jogadores não conseguiam obter esse reembolso. A CD Projekt Red referiu mais tarde que não tinham nenhuns acordos com a Microsoft ou a Sony para facilitar esses processos.[214]

Depois de inúmeras queixas, no dia 17 de dezembro de 2020 a Sony anunciou que a empresa iria oferecer reembolso total aos clientes que compraram o Cyberpunk 2077 através da PlayStation Store e ao mesmo tempo retirando o jogo da loja por tempo indeterminado.[215][216]

Notas

  1. As subsidiárias da CD Projekt Red de Varsóvia e Cracóvia desenvolveram o jogo principal, enquanto que o estúdio na Breslávia dedicou cerca de quarenta pessoas à pesquisa e desenvolvimento do jogo. Trabalhos adicionais foram feitos pela Digital Scapes e QLOC.
  2. A Warner Bros. Interactive Entertainment publicou o jogo na América do Norte enquanto a Bandai Namco Entertainment publicou em mercados seletos na Europa, Austrália e Nova Zelândia. A Spike Chunsoft publicou o jogo no Japão.
  3. Em julho de 2018, cerca de 350 funcionários estavam desenvolvendo o jogo. Este número aumentou para cerca de 450 em junho de 2019 e foi estimado em 500 em outubro do mesmo ano.
  4. Ex aequo com Ghost of Tsushima e The Last of Us Part II.[200]

Referências

  1. a b Fontes que se referem a Cyberpunk 2077 como um dos jogos mais aguardados do anoː
    «The 10 Most Anticipated Games of 2020». Wired. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «The 21 most anticipated games of 2020». Stuff. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «Polygon's 50 most anticipated games of 2020». Polygon. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «The 10 most anticipated games of 2020». Happy Magazine. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «Most Anticipated Games of 2020». GameSpot. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «50 Upcoming Games of 2020: The Most Anticipated». NerdMuch. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «10 most anticipated games of 2020». Tribune. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «2020 Games Preview: 40 Notable Releases Including Cyberpunk 2077, The Last of Us Part II, and More». Metacritic. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «The most anticipated games of 2020». Digital Trends. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
    «The Most Anticipated Video Games of 2020». ScreenRant. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
  2. «Analysts estimated the budget of Cyberpunk 2077-it is higher than that of Grand Theft Auto V». Nintendo Smash. Novembro de 2020. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  3. a b c Martin, Matt (12 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077: Banging, C-bombs and bullet-time – everything we know from 50 minutes of gameplay». VG247 (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de junho de 2018 
  4. Robinson, Andy (28 de agosto de 2019). «Cyberpunk 2077 interview: 'There are many surprises left'». Video Games Chronicle (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2019 
  5. a b Makedonski, Brett (12 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077's E3 demo was incredible and massive, here's everything we learned». Destructoid (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  6. a b c d e Yin-Poole, Wesley (13 de junho de 2018). «We watched 50 minutes of uncut Cyberpunk 2077 gameplay and interviewed CD Projekt about it». Eurogamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  7. Fogel, Stefanie (27 de agosto de 2018). «CD Projekt Red Offers 48-Minute Look at 'Cyberpunk 2077'». Variety (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2018 
  8. Whalen, Andrew (12 de junho de 2019). «'Cyberpunk 2077's Keanu Reeves Character Revealed in New Gameplay Demo Highlighting Deep Customization». Newsweek (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de junho de 2019 
  9. a b Hall, Charlie (30 de agosto de 2019). «New Cyberpunk 2077 gameplay gives us our first good look at character creation, hacking». Polygon (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2019 
  10. a b c Schreier, Jason (13 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 Is A Violent, Impressive Blend Of Deus Ex And The Witcher 3». Kotaku (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de junho de 2018 
  11. Fenlon, Wes; Messner, Steven (12 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 is an FPS». PC Gamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  12. a b Messner, Steven (13 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077: Everything we learned from the jam-packed E3 demo». PC Gamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  13. Conditt, Jessica (14 de junho de 2018). «In 'Cyberpunk 2077' you control your own dark, intoxicating future». Engadget (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de junho de 2018 
  14. a b c Faller, Patrick (12 de junho de 2018). «E3 2018: Cyberpunk 2077 Is A First-Person RPG With Shooter Elements». GameSpot (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  15. a b c d Tapsell, Chris (13 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 gameplay details, E3 trailer, easter eggs, secret website password and everything we know». Eurogamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  16. a b Marks, Tom (12 de junho de 2018). «E3 2018: Cyberpunk 2077 Doesn't Look Like The Witcher, But It Does Look Incredible». IGN (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  17. CyberpunkGame (5 de julho de 2019). «Listen up, Choombas! Miles Tost, level designer on #Cyberpunk2077, has got some cool beans to spill regarding the game's character progression system. You in?» (Tweet) (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020 – via Twitter 
  18. Tapsell, Chris (12 de junho de 2019). «We've seen another 50 minutes of Cyberpunk 2077 gameplay - is it cyberpunk yet?». Eurogamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de junho de 2019 
  19. a b Savage, Phil (12 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077's lead quest designer explains why using cyberspace requires a bathtub». PC Gamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2019 
  20. Faller, Patrick (14 de junho de 2018). «E3 2018: Cyberpunk 2077's Night City Has Six Districts; Here's What We Know About Each Of Them». GameSpot (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de junho de 2018 
  21. Chao, Maxime (9 de janeiro de 2019). «Cyberpunk 2077 : Temps de dév, taille de la map, choix de la vue FPS, on a parlé avec CD Projekt Red». JeuxActu (em francês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2019 
  22. Phillips, Tom (13 de junho de 2019). «The big Cyberpunk 2077 interview: multiplayer, next-gen, and Keanu Reeves». Eurogamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2019 
  23. White, Sam (27 de novembro de 2019). «Cyberpunk 2077: all new details including side quests, crime system and more». VG247 (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2019 
  24. Cryer, Hirun (21 de agosto de 2019). «Cyberpunk 2077 Producer Details Law Enforcement and the Rich Areas of Night City». USgamer (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de maio de 2020 
  25. I Ask CD Projekt Red Your Most Requested Cyberpunk 2077 Questions in E3 2019 Interview. YouTube. YongYea. 13 de junho de 2019 . Consultado em 19 de outubro de 2020.
  26. Webster, Andrew (13 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 is part RPG, part shooter, part GTA-style mayhem». The Verge (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de junho de 2018 
  27. CyberpunkGame (11 de julho de 2019). «Lead Quest Designer for #Cyberpunk2077, @PaweSasko, would like to talk to you about cars and motorcycles. And if there's cars, there has to be radio, right?» (Tweet) (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020 – via Twitter 
  28. Sarkar, Samit (1 de março de 2013). «Cyberpunk 2077 characters may speak in multiple languages». Polygon (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 22 de agosto de 2013 
  29. Cook, Adam (17 de fevereiro de 2016). «What do we know about Cyberpunk 2077 so far?». Red Bull Games (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de fevereiro de 2017 
  30. a b Farrelly, Stephen (13 de abril de 2018). «Cyberpunk 2077 - Everything CD Projekt RED's new game needs». Red Bull Games (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Arquivado do original em 15 de abril de 2018 
  31. Futter, Michael (12 de junho de 2018). «'Cyberpunk 2077' Is More 'Deus Ex' Than 'Witcher 3'». Variety (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  32. Fillari, Alessandro (13 de junho de 2018). «E3 2018: CD Projekt Red's Cyberpunk 2077 Is Even More Ambitious Than You Think It Is». GameSpot (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de junho de 2018 
  33. Wilson, Tony (25 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077 Has Romance, Minigames, And Self-Driving Cars - GS News Update». GameSpot (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 26 de junho de 2019 
  34. Weber, Rachel (25 de junho de 2019). «Life in Cyberpunk 2077: Romance, cyberspace, and silly side quests». GamesRadar+ (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 26 de junho de 2019 
  35. Gössling, Jonas (31 de março de 2019). «Cyberpunk 2077 ohne Game Over - CD Projekt überlegt: "Was ist das Blödeste, das der Spieler machen könnte?"». GameStar (em alemão). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 3 de abril de 2019 
  36. Donnelly, Joe (26 de junho de 2018). «CD Projekt Red breaks down Cyberpunk 2077 trailer frame by frame in new series». PC Gamer. Cópia arquivada em 27 de junho de 2018 
  37. Billcliffe, James (27 de agosto de 2019). «Cyberpunk 2077's Night City: inside the design eras, the communities, and how they affect the player». VG247. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2019 
  38. Hernandez, Patricia (10 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 looks incredible». The Verge. Cópia arquivada em 11 de junho de 2018 
  39. Donnelly, Joe (29 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 frame by frame trailer series explores political side of Night City». PC Gamer. Cópia arquivada em 29 de junho de 2018 
  40. Kelly, Andy (29 de agosto de 2019). «Mike Pondsmith wants Cyberpunk 2077 to feel real, not just look cool». PC Gamer. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2019 
  41. Donnelly, Joe (20 de julho de 2018). «Cyberpunk 2077 frame by frame trailer series talks gun laws in Night City». PC Gamer. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2018 
  42. Purchese, Robert (10 de junho de 2018). «CD Projekt Red unveils Cyberpunk 2077 at E3 2018». Eurogamer (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 16 de junho de 2018 
  43. a b Purchese, Robert (30 de agosto de 2016). «I was there when The Witcher 3 launched». Eurogamer (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2015 
  44. Hussain, Tamoor (6 de setembro de 2016). «Cyberpunk 2077 Development Team Is Bigger Than The Witcher 3's». GameSpot (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de abril de 2018 
  45. Grayson, Nathan (10 de maio de 2016). «The People Making Cyberpunk 2077 Would Like To Correct A Misconception About Game Development». Kotaku (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 30 de junho de 2016 
  46. a b Morris, Tatiana (22 de março de 2017). «New Cyberpunk 2077 details suggest mid-2019 release». GameZone (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de abril de 2018 
  47. Orland, Kyle (8 de junho de 2017). «Witcher developer: Thieves want ransom for leaked Cyberpunk 2077 docs». Ars Technica (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de abril de 2018 
  48. «Management Board Report On CD Projekt Capital Group And CD Projekt S.A. Activities In 2017» (PDF). CD Projekt (em inglês). Março de 2018. Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 22 de março de 2018 
  49. Chalk, Andy (20 de março de 2018). «CD Projekt Red launches a new studio to support Cyberpunk 2077». PC Gamer (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 10 de abril de 2018 
  50. Valentine, Rebekah (8 de outubro de 2018). «CD Projekt Red partners with Digital Scapes on Cyberpunk 2077». GamesIndustry.biz (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 8 de outubro de 2018 
  51. a b Burnes, Andrew (11 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077: NVIDIA Partnership Brings Ray Tracing To Hugely-Anticipated Game». Nvidia (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 11 de junho de 2019 
  52. Birch, Nathan (24 de janeiro de 2020). «Cyberpunk 2077 Dev Team Adds Studio That's Worked With Capcom, Namco Bandai, More». Wccftech (em inglês). Consultado em 3 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 25 de janeiro de 2020 
  53. Taylor-Kent, Oscar (Outubro de 2020). «_Cyberpunk 2077's art team talk to Oscar Taylor-Kent about creating the hot looks, fast rides, big guns, and slick cyberware that defines Night City». PlayStation Official Magazine – UK. Nº 179. p. 50–58.
  54. Donnelly, Joe (28 de agosto de 2018). «Cyberpunk 2077 dev says it 'started the process of optimization right at the start'». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2018 
  55. Burnes, Andrew (25 de junho de 2020). «Cyberpunk 2077: Ray-Traced Effects Revealed, DLSS 2.0 Supported, Playable On GeForce NOW». Nvidia (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 4 de setembro de 2020 
  56. Purchese, Robert (13 de março de 2013). «CD Projekt Red says Cyberpunk 2077 will have multiplayer». Eurogamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2014 
  57. Lavoy, Bill (26 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 Interview: Multiplayer 'Currently in R&D Phase'». Shacknews (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de junho de 2018 
  58. Romano, Sal (4 de setembro de 2019). «Cyberpunk 2077 to add multiplayer component post-launch». Gematsu (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 4 de setembro de 2019 
  59. Faller, Patrick (12 de junho de 2018). «E3 2018: CD Projekt Red's Cyberpunk 2077 Is A First-Person RPG With Shooter Elements». GameSpot (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de junho de 2018 
  60. Martin, Matt (22 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077: CD Projekt talks dismembering with katanas, deep RPG systems, romance, and the controversial decision to go first-person». VG247 (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 22 de junho de 2018 
  61. Macgregor, Jody (2 de setembro de 2019). «Cyberpunk 2077's cutscenes will apparently be first-person». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 2 de setembro de 2019 
  62. Hall, Charlie (15 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 will include full nudity for a very important reason». Polygon (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 15 de junho de 2018 
  63. Pawlikowski, Maciej (5 de julho de 2019). «Cyberpunk 2077 First Written in Polish». Gamepressure (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 8 de abril de 2020 
  64. Franc, Bryant (20 de junho de 2018). «'It can never be that simple': Designing the quests of Cyberpunk 2077». Gamasutra (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 20 de junho de 2018 
  65. «Cyberpunk 2077 CD Projekt interview – 'What I'm not willing to say is what we're saying'». Metro (em inglês). 5 de setembro de 2018. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de setembro de 2018 
  66. «Michał Żebrowski gra rolę Keanu Reevesa w Cyberpunku 2077 po polsku». Gry Online (em polaco). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 30 de setembro de 2019 
  67. a b Simpkins, Jen (Novembro de 2018). «How CD Projekt Red is making sci-fi real in Cyberpunk 2077, a game years ahead of anything we've ever seen before». Edge. Nº 324. pp. 59–69.
  68. «週刊ファミ通 2018年11月29日号». Weekly Famitsu (em japonês). Nº 1563. 15 de novembro de 2018.
  69. Andreadis, Kosta (17 de outubro de 2019). «Cyberpunk 2077 - CD Projekt Red on Pushing Graphics Tech Forward and Building Night City». AusGamers (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 18 de outubro de 2019 
  70. McKeand, Kirk (12 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077 can be finished without killing anyone». VG247 (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de junho de 2019 
  71. Ivan, Tom (28 de agosto de 2019). «Cyberpunk character creation 'massively expanded' following E3 feedback». Video Games Chronicle (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2019 
  72. Schilling, Chris (Setembro de 2020). «Inside Cyberpunk 2077, and the most elaborately detailed future city we've ever seen in a videogame». Edge. Nº 348. p. 65.
  73. Krabbe, Esra (26 de setembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Environment Designer Explains How His Team Built Night City». IGN (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 26 de setembro de 2020 
  74. Cryer, Hirun (27 de agosto de 2019). «Cyberpunk 2077 is Adding a New Dimension to Asset Streaming». USgamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2019 
  75. Conditt, Jessica (23 de agosto de 2018). «It's not always sunny in 'Cyberpunk 2077'». Engadget (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 23 de agosto de 2018 
  76. «Cyberpunk 2077 preview and interview – 'I just love my work!'». Metro (em inglês). 17 de junho de 2019. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 17 de junho de 2019 
  77. CDPROJEKTRED (16 de março de 2020). «Many of you are probably wondering how things are at CD PROJEKT RED right now. Here's a short update» (Tweet). Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 17 de março de 2020 – via Twitter 
  78. Ivan, Tom (9 de abril de 2020). «Some Cyberpunk 2077 voice work could be added in day one patch due to coronavirus». Video Games Chronicle (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 11 de abril de 2020 
  79. «Cyberpunk 2077: Staff to work overtime to finish game». BBC (em inglês). 30 de setembro de 2020. Consultado em 21 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 20 de outubro de 2020 
  80. Weber, Rachel (1 de fevereiro de 2017). «How 'Cyberpunk,' the 1988 Tabletop Adventure, Is Inspiring the Blockbuster Game Creators of 2017». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 1 de fevereiro de 2017 
  81. Wood, Austin (30 de julho de 2019). «Cyberpunk creator Mike Pondsmith will play a character in Cyberpunk 2077». GamesRadar+ (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 31 de julho de 2019 
  82. Chiodini, Johnny (19 de junho de 2019). «An interview with Cyberpunk creator Mike Pondsmith». Eurogamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 19 de junho de 2019 
  83. Conditt, Jessica (1 de agosto de 2012). «CD Projekt Red's 'Cyberpunk' inspired by System Shock, Blade Runner [Update]». Engadget (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2018 
  84. Benson, Julian (12 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 devs "will be significantly more open"». PCGamesN (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2018 
  85. Chalk, Andy (15 de maio de 2020). «Cyberpunk 2077 car pays tribute to Mad Max: Fury Road». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 16 de maio de 2020 
  86. Saed, Sherif (25 de fevereiro de 2016). «The Witcher 3 composer to create Cyberpunk 2077 music». VG247 (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de abril de 2018 
  87. kwazol (10 de julho de 2019). «This is it - meet #Cyberpunk2077 composers! Left to right: @ptadamczyk @PaulLeonardMorg @kwazol» (Tweet). Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 10 de julho de 2019 – via Twitter 
  88. Chalk, Andy (2 de julho de 2019). «Cyberpunk 2077's in-game band comes to the real world with its first single». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 2 de julho de 2019 
  89. Chalk, Andy (13 de dezembro de 2019). «Grimes will front an in-game band in Cyberpunk 2077». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de dezembro de 2019 
  90. Gartenberg, Chaim (12 de dezembro de 2019). «Cyberpunk 2077's soundtrack features Grimes, Run the Jewels, and more». The Verge (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de dezembro de 2019 
  91. Lewis, Evan (12 de junho de 2019). «Keanu Reeves on 'Cyberpunk 2077,' getting into gaming, 'John Wick,' and more». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de junho de 2019 
  92. West, Josh (10 de junho de 2019). «Who is Keanu Reeves playing in Cyberpunk 2077?». GamesRadar+ (em inglês). Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 10 de junho de 2019 
  93. O'Connor, Alice (9 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077 has a release date, and Keanu Reeves???». Rock, Paper, Shotgun (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 9 de junho de 2019 
  94. a b «CD Projekt's Iwiński on Cyberpunk 2077, Keanu Reeves and China». Bloomberg News (em inglês). 12 de junho de 2019. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 23 de julho de 2019 
  95. Makuch, Eddie (13 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077 At E3 2019: Keanu Reeves' Character Has Second-Most Spoken Dialogue In The Entire Game». GameSpot (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 14 de junho de 2019 
  96. Palumbo, Alessio (3 de novembro de 2019). «Keanu Reeves Loved Cyberpunk 2077 So Much He Had His Character's 'Screen Time' Doubled». Wccftech (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 4 de novembro de 2019 
  97. Hashimoto, Kazuma (26 de setembro de 2020). «Masane Tsukayama Will Voice Arasaka Corporation Leader Saburo Arasaka in Cyberpunk 2077». Siliconera (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 26 de setembro de 2020 
  98. Shanley, Patrick (23 de janeiro de 2019). «Blizzard Hires Top Writer for 'Cyberpunk 2077' Away From CD Projekt Red». The Hollywood Reporter. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 24 de janeiro de 2019 
  99. McAloon, Alissa (23 de janeiro de 2019). «Longtime CD Projekt Red dev Sebastian Stępień joins Blizzard». Gamasutra (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de fevereiro de 2019 
  100. CyberpunkGame (5 de outubro de 2020). «Cyberpunk 2077 has gone gold! See you in Night City on November 19th!» (Tweet) (em inglês). Consultado em 5 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2020 – via Twitter 
  101. Grubb, Jeff (10 de janeiro de 2013). «CD Projekt Red reveals Cyberpunk 2077 teaser trailer». GamesBeat (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de abril de 2018 
  102. Makuch, Eddie (14 de outubro de 2013). «Cyberpunk 2077 "probably" coming to PS4, Xbox One». GameSpot (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 28 de julho de 2017 
  103. Romano, Sal (10 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 coming to PS4, Xbox One, and PC; debut trailer». Gematsu (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 11 de junho de 2018 
  104. Batchelor, James (21 de junho de 2018). «The blood, sweat and tears behind Cyberpunk 2077». GamesIndustry.biz (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 22 de junho de 2018 
  105. Wilde, Tyler (10 de junho de 2018). «Watch the Cyberpunk 2077 E3 trailer here». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 11 de junho de 2018 
  106. «"Cyberpunk 2077" na E3 "wcześniejszy niż alfa"». Bankier.pl (em polaco). 26 de junho de 2018. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de junho de 2018 
  107. Knezevic, Kevin (27 de agosto de 2018). «Cyberpunk 2077 Gameplay Reveal: Watch Its 48-Minute Demo Video». GameSpot (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2018 
  108. Robertson, Adi (9 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077 will be released April 16th, 2020 and feature Keanu Reeves». The Verge (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 9 de junho de 2019 
  109. Ramée, Jordan (16 de janeiro de 2020). «Cyberpunk 2077 Has Been Delayed». GameSpot (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2020 
  110. CyberpunkGame (18 de junho de 2020). «An important development update» (Tweet) (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 18 de junho de 2020 – via Twitter 
  111. Chalk, Andy (27 de outubro de 2020). «Cyberpunk 2077 has been delayed until December». PC Gamer (em inglês). Consultado em 5 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2020 
  112. Wakeling, Richard (10 de junho de 2019). «E3 2019: New Cyberpunk 2077 Gameplay To Be Shown In August». GameSpot (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 10 de junho de 2019 
  113. Brown, Fraser (17 de junho de 2019). «The Cyberpunk 2077 E3 2019 gameplay demo will be made public at PAX West». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 17 de junho de 2019 
  114. «Gameplay Stream Announcement». Cyberpunk 2077 (em inglês). 22 de agosto de 2019. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 22 de agosto de 2019 
  115. Gartenberg, Chaim (19 de agosto de 2019). «Cyberpunk 2077 is coming to Google's Stadia cloud gaming service». The Verge (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 20 de agosto de 2019 
  116. «Cyberpunk 2077 Coming To GeForce NOW». Nvidia (em inglês). 19 de fevereiro de 2020. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 25 de junho de 2020 
  117. «Cyberpunk 2077 will be at Tokyo Game Show 2019!». Cyberpunk 2077 (em inglês). 29 de agosto de 2019. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 30 de agosto de 2019 
  118. Chalk, Andy (5 de maio de 2020). «CD Projekt teases Cyberpunk 2077 event in June». PC Gamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 29 de junho de 2020 
  119. McWhertor, Michael (25 de junho de 2020). «Watch the Cyberpunk 2077 Night City Wire livestream here». Polygon (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 25 de junho de 2020 
  120. Kim, Matt T.M. (10 de agosto de 2020). «Cyberpunk 2077 Night City Wire Episode 3 Coming Soon». IGN (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de agosto de 2020 
  121. Barbosa, Alessandro (24 de fevereiro de 2020). «Cyberpunk 2077 Upgrades For Xbox Series X Will Be Free». GameSpot (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2020 
  122. Phillips, Tom (19 de junho de 2020). «Cyberpunk 2077 PS4 will get a free upgrade for PlayStation 5». Eurogamer (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 19 de junho de 2020 
  123. Ivan, Tom (19 de junho de 2020). «Despite its latest delay, Cyberpunk 2077's 'full' next-gen version won't release until 2021». Video Games Chronicle (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 20 de junho de 2020 
  124. Hall, Charlie (16 de janeiro de 2020). «Cyberpunk 2077 developer says multiplayer won't be available until after 2021». Polygon (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020 
  125. Reed, Chris (10 de junho de 2019). «Cyberpunk 2077: Complete Guide to Collector's Edition and Preorder Bonuses - Xbox One and PS4». IGN (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 10 de junho de 2019 
  126. CyberpunkGame (30 de junho de 2020). «Did you know that... each copy of #Cyberpunk2077 comes with digital content?» (Tweet). Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 30 de junho de 2020 – via Twitter 
  127. GOGcom (16 de outubro de 2020). «We're excited to reveal the exclusive digital comic, #Cyberpunk2077: Big City Dreams, available for everyone who buys the game on GOG.COM!» (Tweet) (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2020 – via Twitter 
  128. «Warner Bros. Interactive Entertainment To Distribute Cyberpunk 2077 in North America». CD Projekt (em inglês). 3 de outubro de 2018. Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 4 de outubro de 2018 
  129. Jones, Ali (3 de outubro de 2018). «Cyberpunk 2077 will be out in 2019, according to its Turkish publisher». PCGamesN (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 5 de outubro de 2018 
  130. McKeand, Kirk (16 de outubro de 2018). «Bandai Namco is publishing Cyberpunk 2077 in Europe». VG247 (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 16 de outubro de 2018 
  131. Wright, Steve (30 de abril de 2019). «Cyberpunk 2077 Australian distribution handled by Bandai Namco». Stevivor (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 4 de maio de 2019 
  132. Chapman, Paul (11 de setembro de 2019). «Night City Beckons in Japanese Trailer for Cyberpunk 2077». Crunchyroll (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 25 de julho de 2020 
  133. Reiner, Andrew (20 de janeiro de 2020). «Cyberpunk 2077 Funko Pops Are On The Way». Game Informer (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 21 de janeiro de 2020 
  134. Dahlgren, Lisa (19 de março de 2020). «The World of Cyberpunk 2077 to release in June». Gamereactor (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 20 de março de 2020 
  135. «The World of Cyberpunk 2077 HC». Dark Horse Comics (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 9 de julho de 2020 
  136. «Cyberpunk 2077: Trauma Team #1». Dark Horse Comics (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 21 de junho de 2020 
  137. Nunneley, Stephany (1 de agosto de 2019). «Cyberpunk 2077 – Afterlife: The Card Game is a standalone physical card game coming next year». VG247 (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 1 de agosto de 2019 
  138. «The official Cyberpunk 2077 Cosplay Contest is here!». CD Projekt (em inglês). 27 de junho de 2019. Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 31 de julho de 2019 
  139. Carpenter, Nicole (26 de dezembro de 2019). «Cyberpunk 2077 is blessing us with new Keanu Reeves action figures». Polygon (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 26 de dezembro de 2019 
  140. Sheridan, Connor (20 de abril de 2020). «Cyberpunk 2077 Xbox One X will be "the final Xbox One X limited edition console to ever be released"». GamesRadar+ (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 30 de abril de 2020 
  141. Skrebels, Joe (5 de junho de 2020). «Cyberpunk 2077 Xbox One X Special Edition Comes With Free DLC Expansion». IGN (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 6 de junho de 2020 
  142. Wilde, Tyler (1 de maio de 2020). «Here's a chance to win a GeForce RTX 2080 Ti Cyberpunk 2077 Edition». PC Gamer (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 2 de maio de 2020 
  143. Petite, Steven (26 de junho de 2020). «Limited Edition Cyberpunk 2077 Gaming Chairs Are Bright And Comfortable». GameSpot (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 26 de junho de 2020 
  144. Zheng, Jenny (8 de setembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Energy Drinks Will Come With Xbox Credit And Contest Entries For Cool Prizes». GameSpot (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 12 de setembro de 2020 
  145. Plunkett, Luke (24 de setembro de 2020). «Adidas Is Making Cyberpunk 2077 Sneakers». Kotaku (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2020 
  146. «Launch of Cyberpunk 2077 supported by advertising campaign involving Agora Group media and brands». CD Projekt (em inglês). 29 de maio de 2020. Consultado em 10 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 6 de junho de 2020 
  147. Walker, Alex (25 de junho de 2020). «Everything We Just Learned About Cyberpunk 2077 And Cyberpunk: Edgerunners». Kotaku (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2020 
  148. «r/cyberpunkgame - Cyberpunk 2077 will be the sponsor of WWE Survivor Series.». reddit (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2020 
  149. Staff (15 de junho de 2018). «Best of E3 2018 Awards». IGN. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  150. Staff (15 de junho de 2018). «Best of E3 2018 Awards». IGN. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  151. Staff (15 de junho de 2018). «Best of E3 2018 Awards». IGN. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  152. Staff (20 de junho de 2018). «Game Informer's Best Of E3 2018 Awards». Game Informer. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  153. «The PC Gamer Best of E3 2018 awards». PC Gamer. 19 de junho de 2018. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  154. Staff (16 de junho de 2018). «GamesRadar+ E3 2018 awards - the best, most exciting games at E3 2018». GamesRadar+. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  155. Lee, Julia (12 de junho de 2018). «E3 2018: The best game trailers». Polygon. Cópia arquivada em 14 de junho de 2018 
  156. Ramée, Jordan (14 de junho de 2018). «The Best Trailers From E3 2018». GameSpot. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  157. Gerardi, Matt (19 de junho de 2018). «The 15 best video game trailers of E3 2018». The A.V. Club. Cópia arquivada em 23 de junho de 2018 
  158. Gartenberg, Chaim (12 de junho de 2018). «The 25 best game trailers from E3 2018». The Verge. Cópia arquivada em 17 de junho de 2018 
  159. Wilde, Tyler (11 de junho de 2018). «William Gibson doesn't think Cyberpunk 2077 is cyberpunk enough». PC Gamer. Cópia arquivada em 11 de junho de 2018 
  160. Sheridan, Connor (13 de junho de 2018). «Cyberpunk 2077 has a first-person perspective and its character customization will be more than visual». GamesRadar+. Cópia arquivada em 26 de junho de 2018 
  161. Sliva, Marty (18 de junho de 2018). «E3 2018: Cyberpunk 2077: CD Projekt Addresses First-Person Backlash». IGN. Arquivado do original em 26 de junho de 2018 
  162. Bidaux, Thomas (17 de junho de 2019). «Does Sony's absence mean game over for E3? Here's what the data says…». ICO Partners. Cópia arquivada em 18 de junho de 2019 
  163. Staff (18 de junho de 2019). «Best games of E3 2019 - What came away with GamesRadar's Game of the Show?». GamesRadar+. Cópia arquivada em 18 de junho de 2019 
  164. «PC Gamer's Best of E3 2019 Awards». PC Gamer. 15 de junho de 2019. Cópia arquivada em 18 de junho de 2019 
  165. «The best games of E3 2019». Rock, Paper, Shotgun. 14 de junho de 2019. Cópia arquivada em 18 de junho de 2019 
  166. Machkovech, Sam; Orland, Kyle (14 de junho de 2019). «The best games, demos, and tech of E3 2019». Ars Technica. Cópia arquivada em 14 de junho de 2019 
  167. Staff (14 de junho de 2019). «Best of E3 2019 Awards». IGN. Cópia arquivada em 18 de junho de 2019 
  168. Alexander, Julia (11 de junho de 2019). «E3 2019: 15 best trailers from the show». The Verge. Cópia arquivada em 19 de junho de 2019 
  169. Bedingfield, Will (14 de junho de 2019). «The best games (and trailers) from E3 2019». Wired. Cópia arquivada em 19 de junho de 2019 
  170. Chris Tapsell (10 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 review - intoxicating potential, half undermined, half met». Eurogamer. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  171. Ben Moore (16 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Review (PC)». Easy Allies. Consultado em 16 de dezembro de 2020 
  172. Andrew Reiner (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Review – A Wild Time In Night City». Game Informer. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  173. a b Sam Loveridge. «Cyberpunk 2077 review». GamesRadar. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  174. a b Kallie Plagge (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 review». GameSpot. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  175. Shubhankar Parijat (15 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Console Review – V Has Not Come To. Cyberpunk 2077 promises the world, but delivers a flawed yet enjoyable RPG.». GamingBolt. Consultado em 16 de dezembro de 2020 
  176. Mick Fraser (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 review». God is a Geek. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  177. Tom Marks (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 - Review: A beautiful cityscape with a staggering amount of choice (and a few too many bugs)». IGN. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  178. a b Legarie, Destin (14 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 for Xbox One and PlayStation 4 Review - Not like this... not like this.». IGN. Consultado em 14 de dezembro de 2020 
  179. James Billcliffe (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Review: Complicated, Deep, Perception, Reality». VG247. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  180. Keith Stuart (16 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 review – could it ever live up to the hype?». The Guardian. Consultado em 16 de dezembro de 2020 
  181. a b «Cyberpunk 2077 for PC Reviews». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 15 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2020 
  182. a b «Cyberpunk 2077 for PlayStation 4 Reviews». Metacritic. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  183. a b «Cyberpunk 2077 for Xbox One Reviews». Metacritic. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  184. «Cyberpunk 2077 for PC, PS4, XB1, Stadia, XBXS, PS5». OpenCritic. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  185. «Cyberpunk Game Reviews Take Wind Out of CD Projekt's Sails». Bloomberg.com (em inglês). 7 de dezembro de 2020. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  186. Gough, Owen (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 review – CD Projekt Red's next-gen game». Digital Spy. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  187. Dammes, Mathias (9 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 im Test: Ein klasse RPG - Update mit Testvideo». PC GAMES (em alemão). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  188. Zamora, Gabriel. «Cyberpunk 2077 (for PC) Review». PCMAG (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  189. Corden, Jez (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 review: A strong contender for best game ever made». Windows Central 
  190. Hernandez, Patricia (9 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 on PS4 and Xbox One seems to have major problems». Polygon (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  191. «Cyberpunk 2077 Is Looking Rough On PS4 And Xbox One At The Moment». Kotaku (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  192. Tassi, Paul. «A Warning About 'Cyberpunk 2077' On PS4 And Xbox One». Forbes (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  193. Gilbert, Ben. «'Cyberpunk 2077' amassed at least $480 million in sales before it even launched — and now it's topping sales and streaming charts». Business Insider 
  194. Jones, Ali (8 de julho de 2019). «A third of Cyberpunk 2077 PC pre-orders have been purchased through GOG». PCGamesN (em inglês). Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 9 de julho de 2019 
  195. «Przedpremierowa sprzedaż Cyberpunk 2077 jest największa w... Chinach». Interia (em polaco). 29 de junho de 2020. Consultado em 6 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 3 de julho de 2020 
  196. Bayliss, Ben (10 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Hits Over 1 Million Concurrent Players on Steam in Less Than 12 Hours». DualShockers (em inglês). Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  197. Batchelor, James (10 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 racked up 8m pre-orders, 74% were digital». GamesIndustry.biz (em inglês). Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  198. Woods, Sam (10 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Received A Whopping 8 Million Pre-orders». Dualshockers. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  199. a b Watts, Steve (5 de julho de 2018). «Resident Evil 2 Wins Top Honor In E3 Game Critics Awards». GameSpot. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2020 
  200. Ashaari, Alleef (2 de julho de 2018). «PlayStation and PS4 Won E3 2018, According to Game Critics Awards». Game Revolution. CraveOnline. Consultado em 4 de julho de 2018. Cópia arquivada em 8 de julho de 2018 
  201. Sheridan, Connor (16 de novembro de 2018). «Golden Joystick Awards 2018 winners: God of War wins big but Fortnite gets Victory Royale». GamesRadar+. Cópia arquivada em 16 de novembro de 2018 
  202. Glyer, Mike (19 de novembro de 2018). «2018 Gamers' Choice Awards Nominees». File 770. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2020 
  203. Sheridan, Connor (27 de junho de 2019). «Game Critics Awards Best of E3 2019 winners: Here are the victors and nominees for every category». GamesRadar+. Cópia arquivada em 28 de junho de 2019 
  204. «Cyberpunk 2077 claims this year's Golden Joystick for Most Wanted Game». Gamasutra. 15 de novembro de 2019. Cópia arquivada em 16 de novembro de 2019 
  205. Pedersen, Erik; Blyth, Antonia (29 de janeiro de 2020). «VES Awards: 'The Lion King' & 'The Irishman' Take Top Film Honors – Winners List». Deadline Hollywood. Cópia arquivada em 31 de janeiro de 2020 
  206. «Gamescom Award 2020». Gamescom (em inglês). Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  207. Ruppert, Liana (7 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Epileptic PSA». Game Informer (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  208. Lyles, Taylor (8 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 to add new epilepsy warning as devs work on a permanent fix». The Verge (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  209. Reeves, Brianna (9 de dezembro de 2020). «Cyberpunk 2077 Reviewers Weren't Allowed To Use Their Own Gameplay Footage». Screen Rant (em inglês). Consultado em 13 de dezembro de 2020 
  210. Matthew Enthoven (14 de dezembro de 2020). «They Knew It Was Wrong. CD Projekt Red Deceived Consumers Anyway.». OpenCritic. Consultado em 17 de dezembro de 2020 
  211. Erik Kain (15 de dezembro de 2020). «'Cyberpunk 2077' Receives Unprecedented Consumer Warning From OpenCritic». Forbes. Consultado em 17 de dezembro de 2020 
  212. Dave Thier (15 de dezembro de 2020). «'Cyberpunk 2077' On Console Has One Of The Lowest Metacritic Scores This Year». Forbes. Consultado em 17 de dezembro de 2020 
  213. Humphries, Matthew. «CD Projekt Red Offers Apology and Refunds for Cyberpunk 2077». PCGamer. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  214. Porter, Jon. «It's not as easy to get a Cyberpunk 2077 refund as CD Projekt Red suggested». The Verge. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  215. «Cyberpunk 2077 é removido da PS Store; Sony vai reembolsar jogadores». 17 de dezembro de 2020. Consultado em 18 de dezembro de 2020 
  216. «Sony remove 'Cyberpunk 2077' da PlayStation Store e promete reembolsos para usuários insatisfeitos». 17 de dezembro de 2020. Consultado em 18 de dezembro de 2020 

Ligações externas

Em formação

O artigo Cyberpunk 2077 na Wikipedia portuguesa ocupou os seguintes lugares na classificação local de popularidade:

O conteúdo apresentado do artigo da Wikipedia foi extraído em 2020-12-20 com base em https://pt.wikipedia.org/?curid=3965094